Diga NÃO ao abandono de animais em SP!

Diga NÃO ao abandono de animais em SP!

Durante a pandemia, o abandono de animais em SP aumentou! Segundo um levantamento da Ampara Animal, em todo o Brasil essa prática chegou a 60%.

Ainda de acordo com a Associação de Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados (Ampara), cresce  – muito mais – o número de abandono de animais em SP durante o mês de dezembro e os motivos são inúmeros!

Viagens de férias, recesso, dívidas, visitas de familiares e outros motivos que sempre rondam a maioria das famílias durante o mês de dezembro, fazendo com que cometam o crime brutal do abandono.

Por isso, no mês de dezembro vivemos o Dezembro Verde

Você ainda não sabe o que é? Então continue a leitura para conhecer.

O que é Dezembro Verde?

A campanha Dezembro Verde tem como finalidade fazer um apelo para o combate ao abandono e aos maus-tratos de animais.

Desde 1990, segundo a Lei Federal 9.605/98, o abandono ou maltrato aos pets é considerado crime no Brasil.

No que diz respeito ao abandono de animais em SP, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), acompanhou a iniciativa de aumentar a proteção em 2020, endurecendo mais a lei.

Com isso, o Projeto de Lei 688/2020, oficializou a campanha Dezembro Verde em todo o estado de São Paulo!

A iniciativa dos governantes paulistas colocou um fim na prática que acontecia há 30 anos em São Paulo, quando o recolhimento e o sacrifício de animais aconteciam com frequência.

O objetivo dessas práticas era a tentativa de prevenir a disseminação do vírus da raiva, mas, mesmo com a erradicação da doença, as práticas continuaram por longos anos.

Infelizmente, os motivos para abandonar ou maltratar os animais são inúmeros! Um dos maiores problemas está na prática de presentear alguém com um pet.

Pet não é presente de Natal

Hoje em dia, a prática de presentear outras pessoas com um animal de estimação se tornou algo habitual, comum.

Normalmente, essa atitude vem de pais que querem agradar os filhos que vivem pedindo um animal para cuidar, porém, isso pode não ser uma boa ideia!

Adotar um pet tem que ser muito bem pensado, estruturado, planejado e com muita responsabilidade.

Na maioria das vezes, as crianças perdem o interesse em fazer as tarefas obrigatórias que envolvem o dia a dia de um animal de estimação, como: alimentar, limpar as necessidades, passear, dar carinho, entre outras.

E com o tempo, o animal que era tão interessante para o presenteado, acaba sendo um fardo para a família e, como consequência, a taxa de abandono acaba crescendo.

Por isso, é interessante considerar que ao adquirir um pet, é provável que a família tenha que se privar de determinadas ocasiões para dar mais atenção ao novo inquilino.

E muito mais que isso: os animais também precisam de atenção e muitos cuidados. 

Leis que protegem os animais do abandono

Para combater o abandono de animais em SP, o projeto de lei 688/2020 segue em análise pelo governador João Doria. Se sancionado, a campanha Dezembro Verde fará parte do calendário oficial do Estado.

Com a aprovação, o governo do Estado de São Paulo libera a adoção de programas voltados ao controle duro da reprodução dos animais e à promoção de medidas protetivas, por meio de campanhas educativas.

No Estado de São Paulo, a denúncia sobre o abandono de animais pode ser feita no Centro de Zoonoses de cada município paulista.

Se você for da capital paulista, entre em contato pelo telefone 156 ou pelo e-mail zoonoses@prefeitura.sp.gov.br .

Fique atento e ajude a combater esse problema também!

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *